logo

História

Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva nasceu em Portugal, em 21.09.1882, e chegou a Catanduva em 28.04.1918, onde permaneceu até sua morte, ocorrida em 19.09.1973, aos 91 anos de idade.

Realizou obras de grande importância social e religiosa, entre elas a fundação do Lar dos Velhos, por volta do ano de 1929, que ficava localizado à rua Maranhão, 1137 – centro. A casa permanecia lotada e era mantida com dificuldades, através de doações da população. Armado de fé, esperança e caridade, iniciou o atendimento a homens, mulheres e crianças doentes ou abandonados. A casa permanecia lotada e com dificuldade era mantida através de doações da população em geral.

Anos após a morte do Monsenhor Albino, mais precisamente no ano de 1982, Irmã Anália Nunes, técnica de enfermagem do Hospital Padre Albino, dirigiu-se ao Lar para uma visita e acabou sensibilizada com as dificuldades da casa e principalmente dos moradores. Passou então, paralelamente ao trabalho no hospital, a organizar e auxiliar nos cuidados junto aos carentes que ali estavam. A partir do ano de 1987, Irmã Anália passa a atuar exclusivamente no Lar dos Velhos desempenhando a função de Supervisora.

Com o passar do tempo foi se estabelecendo o perfil dos moradores do Lar: homens e mulheres com mais de 60 anos, doentes, carentes, que não têm como prover sua própria subsistência ou tê-la provida por sua família.

Em 05/02/01, após muitos anos de ocupação, diante do mau estado geral do antigo prédio onde funcionava o Lar e , visando proporcionar melhor qualidade de vida aos idosos, a Diretoria da Fundação Padre Albino decidiu pela transferência do Lar dos Velhos para o Recanto Monsenhor Albino, localizado à Rodovia Dr. Alberto Lahós de Carvalho, km 04 – município de Catanduva. Trata-se de uma chácara doada pelo Rotary Clube de Catanduva, onde os idosos têm maior contato com área verde, espaço para caminhadas e várias outras atividades.


Km 04 da Rodovia Dr. Alberto Lahós de Carvalho - Catanduva/SP
Fone (17) 3522-5234, 3522-5052
^ Voltar ao topo